Divagações e devaneios sobre as arianisses da vida!!!

terça-feira, 28 de abril de 2015

Apaixonante!

Meu segundo adjetivo pra ela, depois de macia! Ela é surpreendente de uma forma tão boa que eu nem sei explicar...

segunda-feira, 27 de abril de 2015

O homem que não tinha nada!


"O ser humano é falho
hoje mesmo eu falhei.
Ninguém nasce sabendo
então me deixe tentar"




domingo, 26 de abril de 2015

Sobre elas!

E parece que finalmente passou! Nasceu algo de uma forma nova, mas interessante!

sábado, 25 de abril de 2015

Ela!

Uma brisa fresca em um dia de um sol pra cada um...rsrs

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Que m#$&@

Porque de todas as tarefas difíceis que eu podia escolher, escolhi gostar de você!

Das musicas agradáveis que a gente descobre!





quinta-feira, 23 de abril de 2015

Prevejo insônia!

Nem sei o que dizer, só que fiquei feliz!

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Essa é boa (e nova)!

Essa sensação de nervosismo, secura na boca, tremor nas pernas é nova, mas é boa! É legal se sentir assim as vezes...hauhau

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Eu não sei recomeçar!

Eu não sei recomeçar. E agora eu não quero recomeçar.
Cansei de tentar, cansei de ter esperanças, cansei de concentrar minhas energias e levar rasteiras.
Vou tentar investir meu tempo, minha cabeça e meu coração em coisas menores, coisas que eu dou pouca importância. Porque tudo que me importa está dando errado!
Talvez essa seja a brisa que eu preciso.

domingo, 19 de abril de 2015

Ciclo eterno!

Minha vida está se tornando um eterno pedido de desculpas para as mulheres que me interessam. É aquilo: umas nasceram para escolher, outras pra serem escolhidas e eu nasci!

As voltas

"Volta pra mim
Volta pra sua
Volta pro seu
O seu lugar aqui
Olha pro sol
Olha pro meu olhar
Vem em mim
A tua casa
A tua estrada
Só pode ser amor
Esse amor
Que não prende
Não tem medo
Só pode ser viver
Nesse viver
Que deixa viver"
                       Maíra Freitas

sábado, 18 de abril de 2015

Lembrando a adolescência!

"Eu não sei porque a vida é assim?
São tantos procurando outro alguém
Pra poder continuar
Seja lá aonde for
ei! Você que ta sofrendo como eu
Que tá passando pelo que eu passei
Não se sinta assim tão só
Hoje eu canto pra você
Ah! Você que tem vontade de parar
Parar o tempo e pedir para voltar
E reviver aquele grande amor
Eu, também queria ver ela voltar
Também queria ver a gente se acertar
A velha história entre nós dois
Não se sinta só
Você vive como eu 
Não se sinta só
Você ama como eu
Não se sinta só
Você vive como eu 
Não se sinta só
Você ama como eu"
                             Os travessos

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Vocabulário!

Aí você vai ler o horóscopo e tá la escrito,
gritando, em letras garrafais (eu e meu exagero): SIBARÍTICO!
Gente, quando foi que horóscopo se tornou algo tão difícil de ler?
Eu achava que era pra ser mais popular e tals...

A maciez em pessoa.

Se eu fosse escolher uma palavra para te descrever seria MACIA!
Sim, você macia, soft, leve, o meu oposto com certeza.
Hoje fui dar uma fuçadinha pra saber mais sobre você e
percebi porque te sinto tão macia...
É, acho que preciso insistir em alguém depois de tanto tempo!

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Não só um pouco...

"Eu quero mais, um pouco mais
Depois do amor
Quero um carinho, um abraço..."
Nossa, eu quero mais mesmo, muito mais, tudo mais

terça-feira, 14 de abril de 2015

Super indecisa!

Aí você vai dormir tão feliz que não sabe se deita e dorme ou se fica pulando na cama!

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Vai entender...

A pessoa me manda email, dizendo várias coisas, inclusive que menti e estou escondendo coisas. Detalhe: não tenho motivo pra mentir pra ela, não temos nenhum tipo de compromisso e é agradável estar com ela. Aí eu, por consideração porque realmente não me sinto obrigada, respondo o email com todo o cuidado possível tentando explicar cada ponto levantado pela pessoa, resultado: ela nem confirma o recebimento!
Vai entender...

domingo, 12 de abril de 2015

Porque ta tão difícil mim?!

Porque é um sentimento de solidão que não consigo vencer!
Tem sempre algo no caminho: uma (ou algumas) traição, um carinha legal, uma mina gostosuda, uma personalidade insuportável, um preconceito latente, uma distância insuportavelmente gigante, uma grosseria mal explicada e a minha TPM, dentre outras coisas.
Foi nesse momento de descobrimento que percebi minha necessidade de estabilidade. E não é de estabilidade financeira (por incrível que pareça), é uma estabilidade afetiva! Mas para ter estabilidade afetiva é necessário se relacionar com alguém estável também. Aí reside meu problema: pessoas estáveis não me escolhem, não me querem e não me veem!
E aí bate um sentimento de solidão, um medo de que se não me deixar ser escolhida vou ficar sozinha! Mas ser escolhida contra a vontade é tão ou mais dolorido do que ficar sozinha.
Estou tentando. Cada banho de água fria é um novo momento. Só não sei até quando vai durar esse otimismo que, definitivamente, não tenho!
O banho hoje foi com uma água demasiadamente gelada, por isso essa reflexão tão pra baixo!

Wow!!!!

Nega, que sorriso é esse??? Faltou o ar e não consegui manter o olhar. Fiquei sem chão, no melhor sentido da frase!!!

Nesse momento!

Decidindo se vou atrás de você ou não...eu vou, vale o esforço!!!

sábado, 11 de abril de 2015

Sem palavras...

A sensação é de que estou presa aqui porque quando acontece algo com você eu PRECISO estar do seu lado!!!

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Sobre democracia.

Baby, te sinto tão longe
De mim tão distante
Além do horizonte
Eeeeeeehhhhhh
Baby, eu digo seu nome
Saudade responde
Ela não está aqui!!!

Finalmente!!!!


Sempre gostei dessa musica mas nunca aprendi cantar porque não sabia o nome e não sabia como procurar a letra, até que meu amigo Kadi me mandou uns cantores pra ver se eu achava. Ou seja, daqui até o fim da vida só vou ouvir essa!!!rsrsrs


A contradição em pessoa!

Sim, eu sou capaz de me apaixonar por mais de uma pessoa ao mesmo tempo! Não, eu não sou capaz de manter mais de um relacionamento ao mesmo tempo! Entendeu ou precisa desenhar???

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Da série: coisas que não tenho coragem de te dizer.

Tava pensando: isso não é mais amor! É só frustração, desespero e dor.
No intervalo de 3 meses já desisti de você umas 20 vezes e agora penso que se a gente só consegue discutir, brigar e se decepcionar é melhor que não haja nada! Que sejamos felizes: eu de um lado e você de outro!
Bjas

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Diálogos em família - parte II

Diálogos em família - parte I

Com a MV

terça-feira, 7 de abril de 2015

Foi horrível...

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Sabia...

...que ia ser perturbador! Agora é agir com sabedoria e tranquilidade, duas qualidades que me faltam!

Tempos difíceis!

A dificuldade de abandonar o girassol é que cultivei ele por muito tempo, com muito amor, mais do que eu poderia amar a mim mesma, mas em certo momento caiu a ficha: não era meu! Era do mundo, de todo o mundo, mas não meu. Isso não é algo negativo, mas é dolorido quando o que você mais quer é tão livre que não pode e nunca vai ser seu. O processo todo foi difícil, sofrido, pesado, então chegou uma hora eu entendi "não é pra ser, não vai ser".
Poderia dizer que to na fase do cravo, que é ainda mais sofrida porque é um processo que passa constantemente pela decepção, desilusão, desamor e, claro, a dor.
Felizmente a fase com o girassol foi de aprendizado e me fez perceber que a fase do cravo dói, mas é passageira, tudo passa, coisas boas e ruins. Acho que a diferença é que agora consigo levar as coisas com menos peso, com um pouco mais de sabedoria, mas não com menos amor.
Só queria saber do girassol: onde foi que eu errei? Em qual parte o meu amor não foi suficiente para que me quisesse na sua vida? Quando eu deixei passar que jamais seria MINHA?
Bem, esse é o objetivo de hoje, te fazer essas perguntas e espero que consigamos conversar num tom amigável para que o próximo post seja menos lamento e mais amor!

domingo, 5 de abril de 2015

Daquelas...

...boas pra ouvir num domingo perfeito!



sábado, 4 de abril de 2015

Chega mais!

Pessoas que desconcertam a alma! Menina, você saiu de onde, me explica?
Tava aqui, de ressaca, pensando em te chamar pra tomar sorvete (sou dessas!)
E, de repente, você veio chegando mais perto e pronto! Fiquei sem palavras...rsrsrs

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Falta o ar!

Esperei você por tanto tempo que quando você chegou eu não soube reagir, responder, respirar!

A treva!

"Prazer: esta palavra curta e simples sintetiza perfeitamente o momento que vai de 02/04 (Hoje) e 30/04 em sua vida, Ariana. Vênus em trânsito pela quinta casa astrológica sugere um período de festividades, de lazer, de romances e de sexo. É claro que não é apenas uma questão de se sentar e ficar esperando que tudo isso venha até você, e sim de aproveitar a maré do momento, que estará predispondo você a situações de prazer e de deleite. Afinal de contas, a energia amorosa está colorida e Vênus na Casa 5 favorece as situações românticas. Não perca a oportunidade de ir a festas, shows, eventos sociais. Jogos de habilidade, sejam quais forem, tendem a ser muito apreciados neste momento. Neste divertido ciclo de Vênus, boas oportunidades podem surgir e você saberá usufruir delas. Tenha apenas atenção a um ponto especial: apaixonar-se por alguém neste momento é bem possível, mas lembre-se que você está numa fase naturalmente predisposta a paixões. Convém ir devagar, não se precipitar, esperar este ciclo passar e ver se o sentimento perdura. Muitas vezes aquilo que nos parece "amor" não passa de uma situação circunstancial, que tem mais a ver com o clima, com o dia...De todo modo, Ariana, esta é uma fase para você aproveitar os prazeres da vida. Se jogue! Mas aprecie tudo com moderação."
Pra qualquer pessoa essa fase seria otima, pra mim eh a treva! Soh eu sei como sou apaixonada...

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Só Deusa explica!

Deusa de Ébano, daquelas que tira a gente do prumo e não voltamos mais!!!