Divagações e devaneios sobre as arianisses da vida!!!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Crianças negras não são bons filhos II


Como já disse em algum momento nesses posts que refletem minha infância, minha mãe sempre vendeu de tudo. Ela era uma ótima mãe, não deixava faltar nada dentro de casa, mas em determinados momentos precisava da nossa ajuda com suas vendas. Ela queria muito ser bem sucedida nisso, se esforçava horrores e vendia muito. Mas ela nunca conseguia ganhar as viagens da tupperware, o carro da mary kay ou da avon e nem qualquer grande premiação desse tipo de empresa. Eu queria poder conversar com ela hoje e explicar que não foi por acaso que ela não ganhou, que ela era preta e naquele momento nenhuma empresa queria ter pessoas negras, mesmo que fossem as revendedoras, associadas as suas marcas. Também queria explicar que o motivo dela não ter prosperado não eram seus filhos ruins, como a amiga branca dela tinha feito questão de destacar a meu respeito, mas o fato dela ser mulher, negra, nordestina e mãe solteira de três em uma sociedade machista, racista e xenófoba como a nossa. Mas as vezes eu penso, essa conversa talvez nunca ocorresse, porque algumas dessas reflexões só foram possíveis a partir do momento que ela morreu e eu tive que fazer meus corres, assim como meus dois irmãos, foi um amadurecimento forçado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário